Followers

Wednesday, April 26, 2006

Jonathan Edwards

O rapaz que citei ai embaixo eh esse ai, Jonathan Edwards, um dos homens que Deus usou para manter a fe sobre a terra, com um impacto tremendo nas vidas de muitos ate os dias de hoje.

Aqui vao alguns dados sobre ele:

Jonathan Edwards, um pastor congregacional norte-americano que viveu no século XVIII, foi uma das personalidades religiosas mais destacadas da história da igreja nos últimos três séculos. Os estudiosos da sua vida e obra o tem considerado o maior filósofo e teólogo já produzido pelos Estados Unidos e especialmente o mais importante e influente dos calvinistas americanos.

Jonathan Edwards nasceu em East Windsor, Connecticut, em 5 de outubro de 1703

Em julho de 1727, Edwards casou-se com Sarah Pierrepont, então com 17 anos, filha de James Pierrepont, o conhecido pastor da igreja de New Haven, e bisneta do primeiro prefeito de Nova York. Os historiadores destacam a grande harmonia, amor e companheirismo que caracterizou a vida do casal.(8) Eles gostavam de andar a cavalo ao cair da tarde para poderem conversar e antes de se recolherem sempre tinham juntos os seus momentos devocionais.

Jonathan e Sarah tiveram 11 filhos, todos os quais chegaram à idade adulta, fato raro naqueles dias. Em 1900, um repórter identificou 1400 descendentes do casal Edwards. Entre eles houve 15 dirigentes de escolas superiores, 65 professores, 100 advogados, 66 médicos, 80 ocupantes de cargos públicos, inclusive 3 senadores e 3 governadores de estados, além de banqueiros, empresários e missionários.

Jonathan Edwards foi inteiramente contrário à separação entre "coração" e "cabeça" que tantas vezes tem afetado os evangélicos. Uma das peculiaridades da sua obra teológica é justamente o fato de unir o mais rico sentimento religioso aos mais elevados poderes intelectuais.

pregador do famoso sermão "Pecadores nas mãos de um Deus irado".

Ele nao estressou, pelo contrario seguiu com seu compromisso e viveu para ser exemplo, acredito que nao se tornou escravo do seu compromisso de vida com Deus e pode tirar o maximo proveito de uma decisao, que para muitos eh exagerada e radical.

Assumir compromissos com Deus e escreve-los para que todos saibam somente demonstrou maturidade e seguranca naquilo que creu e na fe que o dirigiu.

Hoje somos mais "sabios" do que Jonathan Edwards, por isso fugimos de assumir responsabilidades conosco, com os irmaos e com a igreja. Vivemos cada dia segundo as circunstancias e nos moldamos a cultura liberal que assola o corpo de Cristo

1 comment:

Anonymous said...

Nice idea with this site its better than most of the rubbish I come across.
»