Followers

Tuesday, November 15, 2005

BOAS OBRAS II

Quando falamos de boas obras, precisamos ter em mente que nem tudo o que costumamos chamar de boas obras, na realidade o são segundo critérios bíblicos. Podemos fazer muitas coisas que tenham uma boa aprovação social. Os ímpios inclusive também o fazem (Mt. 7:11; Rm. 2:14). Porém, a questão é, qual o princípio que nos leva a praticar boas ações? Quais os requisitos para que elas sejam consideradas boas obras diante de Deus? Pois a própria Bíblia afirma que os nossos melhores atos são considerados como “trapo da imundícia” (Is. 64:6). Se esta é a nossa situação e todas as nossas ações estão contaminadas pelo pecado, e não há ninguém bom sobre a terra (Sl. 14:1-3; Mt. 19:7; Rm. 3:10-12), como elas podem ser consideradas boas obras?

2 comments:

Quel said...

quando fui ler os versiculos deixados por vc no teu commentario li da mesma versao que Brother Don tinha do novo testamento. explicando Romanos 2:14 introduzio um ponto muito interesante.... diz o seguinte:
a natureza do homem, da forma criada por Deus, era originalmente boa e correspodia com Deus e a Lei de Deus. Apesar de depois ser contaminada pela queda, a narueza boa permanece dentro do homem. oq que vc pensa desse aspecto ?

Cosmovisao said...

Tem um texto que nao concordaria com isso, veja aqui:
Entre os quais todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como também os demais. Eph 2:3
O que permanece na mente das pessoas sao algumas pequenas caracteristicas GERAIS que podem aflorar no homem, mesmo ele sendo nao-cristao...mas a natureza boa, como sendo a divina, esta nao mais estaria "guardada" dentro do homem...